Tag: Empreendedorismo

Recent Posts

O que e empreendedorismo ?

O que é empreendedorismo? Essa e uma pergunta que todo empreendedor já se fez um dia, eu mesmo me fiz essa pergunta, mas vamos entender melhor isso.

O conceito empreendedorismo foi popularizado pelo economista Joseph Schumpeter, em 1945, como a base de sua teoria da Destruição Criativa.

Segundo Schumpeter, o empreendedor é alguém versátil, que possui as habilidades técnicas para saber produzir, e capitalista, que consegue reunir recursos financeiros, organizar as operações internas e realizar as vendas da sua empresa.

O que é empreendedorismo

O que e empreendedorismo

Para entender melhor o que é empreendedorismo vamos observar os responsavéis por introduzir certos conceitos.

Em 1970, com Peter Drucker, foi introduzida ao empreendedorismo a ideia da necessidade de arriscar em algum negócio para montar uma organização.

Já em 1985, com Gifford Pinchot III, foi introduzido o conceito de intra- empreendedor, ou seja, uma pessoa empreendedora, mas que trabalha dentro de uma organização.

Para Frank (1967) e Peter Drucker (1970), o empreendedorismo refere-se a assumir riscos.

Schumpeter amplia o conceito, afirmando que o empreendedor é a pessoa que destrói a ordem econômica existente graças à introdução no mercado de novos produtos e serviços.

Isso ocorre pela criação de novas formas de gestão ou pela exploração de novos recursos, materiais e tecnologia.

Assim, os empreendedores não são simplesmente provedores de mercadorias ou de serviços, mas fontes de energia que assumem riscos em uma economia em constante transformação e crescimento.

O que é empreendedorismo segundo Robert D. Hisrich

O que e empreendedorismo

o empreendedor imagina oportunidades e, dependendo do seu julgamento e do cálculo econômico de preços futuros antecipados, escolhe agir para tentar transformar em realidade o lucro anteriormente imaginado.

Para inovar o empreendedor precisa de recursos, estes estão espalhados na economia e podem até mesmo não existir perfeitamente ainda, é também papel do empreendedor agir para alocar todos os recursos necessários de forma a buscar os resultados desejados.

Uma das definições mais aceitas hoje em dia sobre o que e empreendedorismo é dada pelo estudioso Robert D. Hisrich, em seu livro Empreendedorismo.

Segundo ele, “empreendedorismo é o processo de criar algo diferente e com valor, dedicando tempo e esforço necessários, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e sociais correspondentes e recebendo as consequentes recompensas da satisfação econômica e pessoal”.

O que é empreendedorismo características básicas 

O que é empreendedorismo

Em 1993, Regina Silvia Pacheco faz um dos primeiros usos da palavra “empreendedorismo” na língua portuguesa, referindo-se às novas estratégias econômicas adotadas, até então, em cidades estrangeiras.

O empreendedor tem como característica básica o espírito criativo e pesquisador. Ele está constantemente buscando novos caminhos e novas soluções, sempre tendo em vista as necessidades das pessoas.

A essência do empresário de sucesso é a busca de novos negócios e oportunidades, além da preocupação com a melhoria do produto.

Mario Manhães Mosso, porém, volta à definição original de empreendedor, do grego, “condutor”, mostrando que o empreendedorismo tem mais chances de sucesso por meio do empresarismo.

Isso quer dizer: não basta o gosto por assumir riscos, é importante um comportamento de empresário, que organiza, planeja e estuda profundamente o assunto para ter uma atividade com sucesso consistente.

De maneira mais genérica podemos definir empreendedorismo como resolver um problema ou situação complicada.

Empreender é também agregar valor, saber identificar oportunidades e transformá-las em um negócio lucrativo.

Veja também os tipos de empreendedores.

Curta também nossa nova fanpage no Facebook.

 

Empreendedorismo digital 10 livros para você começar a ler hoje

O empreendedorismo digital e uma ótima maneira de alavancar qualquer negócio. Você atinge um público maior de pessoas.

Como qualquer negócio, você precisa de educação, qualificação, compreender como funciona as ferramentas para atrair seu público alvo.

Pensando nisso eu fiz uma lista de livros é e-books onde você vai encontrar o conhecimento adequado para obter o resultado desejado no seu mercado.

Empreendedorismo  digital 10 livros

1- Let’s Elevate

2-Negócios digitais

3-Ferias sem fim

4-Trabalhe 4 horas por dia

5-Copywriting- O guia para vencer online

6-Instagram sem segredo

7-Marketing 4.0 : do tradicional ao digital

8-Mensageiro Milionário

9-Marketing e comunicação na era pós digital

10- Free o futuro dos presos.

01-Let’s Elevate

Empreendedorismo digital, let's elevate

Let’s Elevate” é o livro que vai mexer com suas estruturas. Vai desafiar o seu status quo. Vai mudar a sua forma de pensar. Esta obra vai provocar um salto de performance em seu negócio.

Seja você um empreendedor iniciante ou um empresário experimentado, o conteúdo desta obra irá estimulá-lo a abandonar sua zona de conforto e transformar a forma como você faz o seu marketing e desenvolve o empreendedorismo digital no seu negócio.

Você irá aprender a criar e lançar produtos de sucesso, descobrir nichos lucrativos e elevar o seu marketing ao estado da arte.

Você saberá como traçar estratégias vencedoras e preparar seu mindset para alcançar objetivos desafiadores.

Aprenderá a turbinar suas habilidades e se tornar altamente magnético para seu potencial cliente.

Se está parecendo interessante, isto é um sinal. Você foi fisgado! Prepare-se para levar seu negócio a um nível que você nunca sonhou! PREFÁCIO: CONRADO ADOLPHO.

Você pode ter o salto de performance no empreendedorismo digital com esse livro, vamos juntos para o próximo nível LET’S ELEVATE.

02-Negócios Digitais

Empreendedorismo digital, Negócios digitais

Você tem uma empresa e gostaria de usar o real poder da internet no seu negócio? Deseja montar um negócio online, mas não consegue dar o primeiro passo porque não sabe por onde começar?

Para o empreendedorismo digital Alan Pakes, organizador desta obra, a maioria das pessoas que usam a web hoje para vender produtos e serviços está fazendo da maneira errada.

Alan Pakes traz um mundo completamente novo, no qual é possível criar negócios rentáveis com pouquíssimos recursos iniciais.

E mostra que essa possibilidade está ao alcance de qualquer pessoa empreendedora.

O time vencedor de 17 empreendedores que Alan Pakes montou para escrever com ele este livro compartilha suas experiências bem-sucedidas nos negócios digitais para inspirar você a criar novas oportunidades na rede.

Tenho como referência muitos do empreendedores que fazem parte desse livro, muitos me inspiram a fazer o ajuste fino no empreendedorismo digital.

Conheça o livro negócios digitais.

03-Ferias sem fim

Empreendedorismo digital Ferias sem fim

Você por acaso tem trabalhado muito… para ganhar pouco? Gostaria de ter mais liberdade, tempo e qualidade de vida?

E ainda poder trabalhar com o que você gosta, de onde e quando quiser? Então este pode ser o livro mais importante da sua vida.
Nesse livro Bruno Picinini ensina:

– Como viver como um milionário mesmo sem ter sequer R$ 10.000 na sua conta bancária.

– Os 3 pilares da verdadeira riqueza que garantirão uma vida de qualidade e eliminarão a ansiedade de uma vez por todas.

– Como você pode sair de férias quando e por quanto tempo quiser com essa simples estratégia.

– Como conquistar sua liberdade financeira, geográfica e de tempo em apenas 6 meses.

E MAIS FERRAMENTAS E GUIAS JÁ PRONTOS PARA VOCÊ:

– Mais de 39 dicas práticas e acionáveis para você colocar em uso e começar a construir seu novo estilo de vida;

– Recomendação das melhores ferramentas, apps e softwares para que você possa produzir mais com menos (e muitos são de graça!);

– Planos de ação para que você saiba exatamente o que deve fazer, dia após dia, para alcançar sua liberdade financeira, geográfica e de tempo;

Ferias sem fim é o livro que eu estou lendo na atualidade. Estou gostando muito da experiência algumas coisas já comecei aplicar no meu processo de empreendedorismo digital.

Tem boas estratégias  o livro férias sem fim

04-Trabalhe 4 horas por semana

Empreendedorismo digital, trabalhe 4 horas por semana

Esqueça o velho conceito de trabalho. Não espere chegar a aposentadoria para começar a aproveitar a vida.

Se o seu sonho é escapar da rotina, experimentar grandes viagens pelo mundo, ter uma renda mensal de cinco dígitos ou apenas viver mais e trabalhar menos, Trabalhe 4 horas por semana é o livro de que você precisa.

Este guia para um novo estilo de vida ensina: Como Timothy Ferriss passou de 40 mil dólares por ano e 80 horas de trabalho por semana para 40 mil dólares por mês e 4 horas por semana;

Como treinar seu chefe para que ele valorize desempenho em vez de presença;

Como trocar uma longa carreira por pequenos períodos de trabalho e mini aposentadorias frequentes;

Mais de 50 dicas práticas e estudos de caso de leitores (inclusive família) que dobraram sua renda, superaram obstáculos em comum e reinventaram si mesmos usando as dicas do livro original como ponto de partida;

Modelos do mundo real que você pode copiar para eliminar seus e-mails, negociar com chefes e clientes, ou conseguir um chefe particular por menos de 8 dólares por refeição;

Como alguns princípios do estilo de vida podem ser substituídos e adequados para imprevisíveis tempos de crise;

Os mais novos truques e ferramentas, bem como atalhos de alta tecnologia, para viver com um diplomata ou milionário sem ser nenhum dos dois.

Esse livro entrega muito conteúdo, ele abriu meus olhos para muitas questões no empreendedorismo digital e produtividade. 

Trabalhe 4 horas por semana é muito indicado por varias autoridades do empreendedorismo digital.

05-CopyWriting- O guia para vencer online

Empreendedorismo digital, CopywWriting.

No geral, estamos acostumados a ouvir falar de “copyrighting” que se trata de um processo que protege por lei qualquer conteúdo autoral.

Já o copywriting é um processo que um autor utiliza para escrever conteúdos que façam a diferença e atraiam o leitor, seja nas vendas ou qualquer outra particularidade.

O e-Book CopyWriting 2.0 revela as estratégias aplicadas pelos grandes empreendedores de sucesso, possui 141 páginas de conteúdo sobre persuasão, mostrando o que é o copywriting e como usá-lo de forma eficiente para gerar mais tráfego, leads e vendas.

Você vai aprender:

Como utilizar os 15 gatilhos mentais mais usados nas estratégias de vendas; Como persuadir pessoas à comprarem seus produtos e serviços online;

Como utilizar as emoções das pessoas para facilitar suas vendas e minimizar o número de “Não” Como usar apenas 3 emails estratégicos e extremamente persuasivos para vender mais rápido;

Como usar frases persuasivas e atrair mais tráfego para suas páginas, sites e blogs;

Muitos clientes começaram a vender em menos de 24 horas após aplicar as técnicas do E-Book CopyWriting, como mostra as dezenas de depoimentos.

CopyWriting tem uma grande importância para escrever cartas de venda ou textos persuasivos, não tem muitos livros sobre o assunto no mercado brasileiro.

Ter conhecimento de copy vai te colocar num outro patamar no empreendedorismo digital.

06-Instagram sem segredo

Empreendedorismo digital, Instagram sem segredo.

Leve seu Instagram ao topo: conheça estratégias geniais para você criar, acelerar e escalar o seu Instagram, você vai aprender as melhores técnicas, práticas e ferramentas capazes de levar o seu projeto ao estado da arte.

Consiga os seus primeiros milhares de seguidores reais, segmentados e engajados com a sua marca.

Esse e-book eu compre e li a pouco tempo, já estou usando algumas estratégias. Ele tem um ótimo custo beneficio.

A vantagem é que ele foi atualizado a duas semanas, deve estar melhor do que quando eu o li.

Saber usar o instagram pode ajudar a dar um salto no empreendedorismo digital e na alavancagem de negócio, tanto para grandes, médias e pequenas empresas.

07-Marketing 4.0 : do tradicional ao digital

Empreendedorismo digital, marketing 4.0

Kotler acaba de lançar um novo livro que pretende ser o novo manual para a próxima geração do marketing.

“Marketing 4.0: Moving from Traditional to Digital” fala sobre o mundo cada vez mais conectado e as mudanças que isso traz para o cenário consumidor.

O consumidor de hoje tem menos tempo e atenção para dar à sua marca – e ele está cercado de alternativas a cada passo do caminho.

Você precisa se destacar, ganhar sua atenção e entregar a mensagem que ele deseja escutar, afirma o livro.

O marketing 4.0 e o marketing do futuro agora, mas ainda hoje tem empresas que não fazem nem o 2.0.

conhecer e colocar em pratica te coloca na frente da maioria no empreendedorismo digital. 

08-Mensageiro Milionário

empreendedorismo digital, O mensageiro milionário.

Nesta obra, que muda as regras do jogo, você constatará que: Sua história de vida e sua experiência têm importância e valor de mercado maiores do que você sonhou. Você está aqui para fazer a diferença.

O melhor modo de realizar isso é apresentar convenientemente seus conhecimentos (sobre qualquer tópico, em qualquer setor) para ajudar outras pessoas a obterem sucesso.

Você pode ser remunerado por compartilhar suas informações e recomendações práticas e úteis.

No processo, é possível construir um negócio lucrativo e uma vida profundamente significativa.

Mensageiro milionário foi um dos livros que abriu meus olhos para o empreendedorismo digital e o empreendedorismo.

09-Marketing e comunicação na era pós digital

Empreendedorismo digital, Era pós digital.

Uma nova era da sociedade de consumo está em curso, transformando novamente as relações entre marcas e pessoas, empresas e comunidades, gestores e colaboradores.

Mas afinal o que é era pós-digital? Estamos vivendo um novo momento em que a novidade virou commodity e o que fascinava ou amedrontava é lugar-comum.

A era pós-digital veio para questionar as velhas certezas e colocar sistemas inteiros de pensamento corporativo do avesso.

Mais do que aprender coisas novas, precisamos esquecer tudo o que sabemos.

Nesse contexto, novos desafios surgem para os líderes e gestores de comunicação, marketing e publicidade.

Este livro é para esses profissionais, que precisam entender as mudanças que afetam a sociedade e seus hábitos de consumo, e buscam conduzir estratégias para o melhor desempenho presente e futuro.

Walter Longo apresenta com maestria ideias, dados relevantes, cases e conceitos interessantes que servirão de inspiração para esses profissionais.

Este livro é também ótima opção de leitura para estudiosos e, por que não, curiosos sobre marketing e estratégia. 

Os hábitos de consumo mudaram, se você não percebeu, está na hora de mudar sua estratégia de empreendedorismo digital  na era pós digital.

 10-Free o futuro dos presos

Empreendedorismo digital, Free o futuro dos presos.

Neste livro, o leitor encontrará a tendência de zerar custos trazida pela era digital.

Chris Anderson afirma que estamos entrando numa era em que a economia pode ser construída em torno do conceito de gratuito e como isso afetará a vida das pessoas.

O autor acabou percebendo que nunca havia acontecido de toda uma economia ser construída em torno do gratuito e resolveu, então, mostrar como as pessoas fazem dinheiro e quais são as implicações disso.

O grátis faz parte do empreendedorismo digital, eu sou beneficiado por essa nova economia.

BÔNUS
Os 8ps do marketing digital

Empreendedorismo digital, Os 8 Ps do Marketing digital

O marketing digital passa atualmente por uma fase de consolidação em que apenas as empresas e os profissionais que tiverem um conceito sólido do que representa a internet na economia atual, baseada em conhecimento, e que tiverem domínio prático sobre as táticas desse novo mundo formado por bits vão prosperar no mercado.

O livro Os 8 Ps do Marketing Digital traz para profissionais de marketing, administradores, empresários, profissionais liberais e estudantes o passo a passo para se ter êxito nas estratégias de negócios de todos os tipos, utilizando para isso o ambiente online.

Mostra como transformar a internet em uma ferramenta de negócios eficiente e lucrativa.

Mostra também, por meio de mais de cem cases e centenas de indicações de ferramentas, o lado prático do marketing digital, porém, sem deixar de expor de maneira didática e abrangente toda uma nova teoria gerada pela era do conhecimento e pelas novas tecnologias da informação e da comunicação.

Um livro essencial para todos que trabalham com marketing e comunicação e para todos que administram negócios em meio a essa nova era da informação.

Um guia estratégico, tático e operacional que não pode faltar na sua estante. Muito menos na sua estratégia de empreendedorismo digital.

IJUMPER o novo empreendedor da economia digital

Empreendedorismo Digital, Livro IJUMPER.

Esse e-book apresenta o mais novo empreendedor da economia digital, o Ijumper. Poço dizer com a devida convicção que esse e-book transformou minha vida.

Tratando de empreendedorismo digital, esse e-book totalmente grátis foi o mais importante e completo que eu li.

Suas 523 páginas intimidam quem não está determinado, sugiro que baixe o livro, tenho certeza que não vai se arrepender. Ijumper.

Esse artigo será atualizado conforme surja alguma novidade relevante de leitura para empreendedorismo digital.

(Facebook) Curta também nossa nova fanpege

Gostou do nosso artigo então comente.

Como empreender na crise,21 ideias para empreender.

Como empreender na crise e uma pergunta que vem sendo feita a um bom tempo no Brasil, a crise vai passar, sedo ou tarde, mas uma pergunta vai continuar, como empreender na crise?

Você faz parte da estatística dos brasileiros que foram afetados pela crise?

Está buscando uma forma alternativa de gerar renda extra ou iniciar seu negócio próprio?

Quer algo a mais, mas não tem nem uma ideia de negócio?

Então você veio ao lugar certo.

Você vai ouvir falar por ai que crise é sinônimo de oportunidade, eu acredito nisso, pois sempre vai haver pessoas chorando e outras vendendo lenço.

Próximo de uma das maiores crises da história, Irving Kahn começou sua carreira em Wall Street em 1928, aos 23 anos.

No ano seguinte, em meio à Grande Depressão, dobrou seu capital ao “prever” que o pior estava por vir.

Antes da maior crise da história, vendeu uma posição antes da queda e foi um dos poucos a sorrir enquanto o mundo desabava para 99% dos investidores daquela época.

Em toda crise, por pior que seja, sempre haverá oportunidade. Quantas pessoas não estão saindo agora da zona de conforto como você buscando alternativas para vencer esse desafio da crise.

Com a oportunidade da crise você se pega exercitando músculos que não usaria se tudo estivesse bem.

Apesar da recessão, o Brasil ganhou 10 mil novos milionários na passagem de 2015 para 2016, segundo relatório sobre riqueza divulgado pelo banco Credit Suisse.

De acordo com o levantamento, o número de milionários brasileiros subiu de 162 mil para 172.

Vamos as ideias de como empreender na crise  para que você saia do ponto “A para o ponto B”segundo a sua necessidade financeira.

Lançamento

Como empreender na crise:

  • 1- Como empreender na crise com uber.
  • 2- Como empreender na crise com Uber Eats.
  • 3- Como empreender na crise com youtube.
  • 4- Como empreende na crise como afiliado.
  • 5-Como empreende na crise com blog.
  • 6- Como empreender na crise com importação de produtos.
  • 7- Como empreender na crise com e-commerce.
  • 8- como empreender na crise como secretária remoto.
  • 9- Como empreender na crise  como dog walker.
  • 10- Como empreender na crise com cosméticos a pronto entrega.
  • 11-Como empreender na crise com franquias.
  • 12-Como empreender na crise com consultaria.
  • 13-Como empreender na crise como cabeleireiro, maquiador a domicilio.
  • 14-Como empreender na crise com chocolates caseiros.
  • 15-Como empreender na crise com lingerie.
  • 16-Como empreender na crise como infoprodutor.
  • 17-Como empreender na crise hospedando cães.
  • 18-Como empreender na crise cozinhando para fora.
  • 19-Como empreender na crise dando aulas em casa.
  • 20-Como empreender na crise editando vídeos.
  • 21-Como empreender na crise com produtos artesanais.

1- Motorista uber

Uma boa forma de como empreender na crise é o Uber, devido a mudança no cenário econômico essa e uma alternativa muito boa para gerar renda, A Uber não divulga dados, mas afirma que o crescimento de parceiros motoristas, atualmente, está na casa dos dois dígitos semanalmente.

Se você tem um carro que esteja dentro do padrão estabelecido pela empresa é um forte candidato para fazer parte do Uber. 

Atualmente, a gama de carros aceitos pela empresa é maior. Para ser motorista da Uber é necessário ter no mínimo 21 anos, ter carteira de trabalho e ficha sem antecedentes criminais.

2- Uber Eats

Quem não gosta de um bom serviço de delivery? O Uber lançou, o seu serviço de entrega de comida Uber Eats no Brasil.

A primeira cidade a receber o aplicativo de delivery no país será São Paulo, que conta com mais de 15 mil restaurantes, o app já está disponível na App Store, da Apple, e na Play Store, para aparelhos Android.

Você escolhe quando quer dirigir:

Você pode fazer entregas apenas durante algumas horas por dia, o dia inteiro ou somente nos fins de semana. Você é o seu próprio chefe e tem liberdade total para escolher quando quer dirigir.

Escolhe seu veiculo:

Dependendo das regras na sua cidade, você pode fazer entregas com seu carro, bicicleta ou moto. Adquira um veículo e eles  vão se comprometer com o resto.

Ganhe seu dinheiro:

Você vai ganhar dinheiro fazendo entregas para as pessoas. Aproveite o seu tempo da forma que for melhor para você.

O Uber Eats é uma boa alternativa, apesar de não estar em todos os estados do país. Se você tem interesse pode dar uma olhada para ver se já esta disponível em seu estado. Uber Eats.

3- Youtube

O Youtube e outra boa alternativa de como empreender na crise, você deve estar acompanhando o fenômeno dos youtubers que já foram convidados para os mais variados canais de televisão. Mostrando assim o poder da mídia alternativa.

Vamos usar como exemplos 3 canais populares:

Venom extreme, Eduardo Faria tem um faturamento que vai de 3 a 56 Mil Dólares por mês.

Felipe Neto, o empreendedor serial famoso pelo programa Não Faz Sentido tem um faturamento que vai de 1 a 21 Mil Dólares por mês.

Canal nostalgia, Felipe Castanhari tem um faturamento que vai de 6 a 69 Mil Dólares por mês.

Tem muitos outros pelo Brasil é pelo mundo ganhando muito mais que esses exemplos, você também pode.

Tudo depende da estratégia e da paixão pelo conteúdo comunicado, existem varias formas de monetizar um canal no youtube, basta ter um bom conteúdo e pessoas engajadas com o assunto que você escolheu comunicar.

4- Afiliado

Afiliado é uma ótima maneira de como empreender na crise ou fora dela, esse é um mercado que cresce muito no Brasil e no mundo, existe todo um cenário para esse mercado, como cursos, e-books, eventos é etc.

Tudo para você se tornar um profissional dessa área, Mas o que é um afiliado?

Um Afiliado é alguém que participa de um programa de afiliados a fim de receber comissões pela indicação de produtos de outras pessoas, seja um produto digital ou físico.

Existem varias plataforma para se trabalhar com programas de afiliados algumas bem conhecidas outra nem tanto, mas vou citar algumas delas aqui:

  • Hotmart
  • Amazom
  • Submarino
  • Google Adsense
  • Lojas Americanas
  • Shop time
  • Livraria Saraiva

São muitas as alternativas para esse mercado,coloquei aqui os mais populares ao meu ver, basta escolher qual se identifica e começar a promover os produtos.

5- Empreender com blog

Como empreender na crise com blog

Empreender com blog foi a minha alternativa, faz mais de um ano que planejo empreender com blog, mas criei varias desculpas na minha mente para não colocar o projeto em andamento.

Talvez você já escolheu seu nicho de mercado assim como eu, talvez escolha nesse poste, a dica que lhe dou é planeje com calma não acredite em pessoas que não estudaram, não leram sobre seu mercado.

Não pergunte ao padeiro onde comprar jóias não é o mercado dele. São poucas as exceções de pessoas que trabalham em uma área e tem uma mentalidade avançada para vários  tipos de negócios .

Para empreender com blog você precisa de um nicho de mercado que goste, para ser prazeroso a criação de conteúdo, pode fazer um curso ou pesquisar sobre marketing de conteúdo.

Precisa de uma hospedagem, um domínio para seu blog, um CMS ou seja sistema de Gerenciamento de Conteúdo (do inglês Content Management System), sugiro o wordpress.org é grátis com uma qualidade sem igual.

Empreender com blog pode ser muito lucrativo e claro se você tiver a mentalidade certa.

6- Importação de produtos

 

Como empreender na crise com importação de produtos.

Segundo investidores, estudantes e empreendedores do ramo compensa sim investir e importar, mesmo quando o dólar está em alta, pois mesmo com o aumento o investidor ainda consegue tirar sua margem de lucro sobre as vendas.

Você consegue comprar um produto importado verdadeiro, seja qual for o mercado, por um preso bom é revender mesmo sem CNPJ.

Outro fator importante é sobre o próprio reajuste pelo investidor, ele pode muito bem fazer um pequeno aumento para compensar essa variação do dólar, e quem é consumidor vai entender pelo fato de que a crise está afetando a todos.

Mas o aumento não é obrigatório, isso vai depender de cada pessoa. Se você tem interesse pode descobrir tudo sobre o potencial desse mercado, como comprar para uso próprio, vender com alta lucratividade pode dar uma olhada nesse conteúdo da academia do importador.

7- E-commerce

e-commerce brasileiro faturou em 2016 o total de R$ 53,4 bilhões, crescimento de 11% em relação a 2015. Para 2017 a previsão é que o setor alcance R$ 59,9 bilhões, segundo a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Segundo a T-index, o mercado brasileiro de varejo eletrônico vai assumir a 4ª posição no ranking mundial.

Se você se identifica com esse mercado e uma ótima alternativa.

8- Secretária Remota

 

Remote secretary, como empreender na crise como secretaria remoto.

Hoje, com a ajuda de recursos tecnológicos, é possível oferecer o serviço de secretária realizado a partir de casa.

O serviço é muito requisitado por pequenas e médias empresas e profissionais autônomos e inclui desde a prospecção de novos clientes e agendamento de reuniões até a transferência de ligações (como se estivesse no mesmo local de quem a contratou).

Eu mesmo já pensei em ter uma secretária remota, mas é algo para um futuro distante ou não tão distante.

O serviço da secretaria remota é cobrado por hora, você  pode definir com o cliente um pacote mensal, com um numero ”x” de horas.

Caso ultrapasse o limite, você avisa e combina os extras com o cliente. A secretária pode atuar como MEI (Micro Empreendedor Individual), fornecer nota fiscal para seus clientes (o que ajuda a não configurar vínculo empregatício), o retorno pode ser bem significativo.

9- Dog walker

A ideia foi importada e está ganhando muitos adeptos aqui no Brasil. Os donos de cachorros que trabalham o dia todo contratam dog walkers para passear, alimentar e brincar todo dia com os animais. O serviço geralmente é cobrado por mês.

10- Cosméticos a pronto entrega

O Brasil continua seguindo como o terceiro maior mercado consumidor mundial de produtos de beleza, atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

A expectativa, dizem os especialistas, é de que o setor volte a apresentar aumento no faturamento ainda neste segundo semestre de 2016, crescendo a taxas cada vez maiores até pelo menos 2020.

Entre os mais conhecidos temos Avon, Natura, Jequeti é Racco. Claro que a venda passiva pode gerar lucro, mais uma estratégia de venda ativa pode gerar um lucro muito expressivo.

11- Franquias

Franquia e uma ótima forma de empreender, pois esse modelo de negócio já foi validado portanto o risco e bem menor.

Uma franquia custa na média de 80 mil reais, podendo variar para mais ou para menos dependendo do modelo de negócio e do retorno financeiro.

Existe um tipo de franquia chama de micro franquia que pode variar de $3 mil a 20 mil reais, com um retorno do investimento em até 12 meses.

12- Consultoria

Consultoria

Se você acabou de ser demitido ou saio de sua empresa, tem expertise em um mercado pode começar uma carreira de consultor, mas o que faz um consultor? O consultor tem a função de auxiliar seu cliente em sistemas de gerenciamento de projetos, bem como no controle dos mesmos.

A tecnologia nos permitiu fazer alavancagem de uma maneira nunca vista antes. Basta ter a estratégia certa.

13- Cabeleireiro, maquiador é manicure a domicílio

Essa é uma situação  comum na vida de qualquer mulher.

Como se arrumar para aquele batizado no domingo de manhã? O que fazer quando surge um compromisso social de última hora, à noite, e as unhas precisam de um trato? Nos horários em que o salão não pode atender às necessidades femininas, faz falta uma indicação de profissional para fazer um penteado ou um make em casa.

Para este tipo de demanda, surgiu o The Beauty 247, uma espécie de “Uber da Beleza”, focado em conectar, a qualquer hora, as usuárias a um menu de maquiadores, cabeleireiros e manicures cadastrados por cidade.

A iniciativa de duas gaúchas, Luisa Potrich e a publicitária Fernanda Rosa. Até agora, são 700 profissionais registrados em todo o Brasil (cerca de 180 somente em Porto Alegre).

Aqui, muitos deles já foram testados, inclusive pelas próprias sócias, apaixonadas por maquiagem e afins.

Usuárias  podem dar sua opinião sobre aspectos como pontualidade e qualidade do atendimento. Há opções de make na capital a partir de R$ 60.

Percebe como funciona a mente empreendedora, achar uma solução para resolver uma necessidade do mercado.

Se você pode resolver uma necessidade do mercado você têm um business.

Como funciona o the Beauty 247:

Crie seu perfil, anúncios e mostre para o Brasil o que você sabe fazer de melhor. A equipe  faz uma análise do seu portfólio para garantir a qualidade.

Você pode escolher aceitar ou não as solicitações, de acordo com a sua agenda profissional e disponibilidade.

Pronto! Você administra sua agenda e seu local de trabalho jamais será monótono.

14- Chocolate caseiro

Chocolate caseiro e uma ótima maneira de como empreender na crise, já trabalhei com a distribuição, produção e venda de chocolates caseiro por um tempo, ele tem uma boa aceitação de mercado principalmente no inverno.

Até cheguei a pensar em abrir um CNPJ para profissionalizar e ter uma maior abrangência de mercado, mas não era esse meu foco, a atividade era provisória.

15- Lingerie

Minha irmã vendeu por um tempo lingerie como uma fonte alternativa de renda, não são somente as mulheres que consomem lingeries no Brasil: atualmente, 20% dos compradores são homens que escolhem modelos para suas esposas, namoradas e até mesmo parentes. Segundo o site liga da lingerie. 

O mercado de lingerie é um segmento da indústria têxtil que fatura mais 30 bilhões de dólares anualmente em todo mundo.

Palavras como espartilha, fio dental, asa delta, meia taça, três quartos, com ou sem bojo, sete oitavos, discretas, com ou sem renda, fitas, ousadas, babados, decotadas, pequenas, médias, grandes, plus size, comestíveis, em todas as cores e texturas ganharam força nas últimas décadas e mudou o vestuário feminino.

O Brasil é o quinto maior produtor desse mercado no mundo. Segundo os dados da ABIT, Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, são produzidas 1,5 bilhão de peças por ano que movimentam aproximadamente 3,6 bilhões de reais.

16- Seja um infoprodutor

Infoproduct production, como empreender na crise como infoprodutor.

A tecnologia de streaming permitiu nascer um novo mercado, o mercado de áudio e vídeo entregue a onde você está através do seu computador ou smartphone. Isso possibilitou a criação de aulas em vídeo, audiolivros é livros digitais os famosos “e-book”. 

O infoproduto consiste, em informações e conteúdo digital: imagens, vídeos e textos que podem ser convertidos em e-books, videoaulas, artes gráficas e outros conteúdos que possuem alto valor agregado.

17- Ganhe dinheiro hospedando cães

Se você gosta de cachorro e quer aumentar a renda, uma boa ideia pode ser abrir as portas da sua casa e transformá-la em lar temporário para petz.

Para tornar isso possível, algumas plataformas foram criadas com a finalidade de conectar os donos aos amantes de bichos. Nesse caso, as duas partes saem ganhando.

18- Cozinhar para fora.

Cozinhar

 

Cozinhar para fora sempre vai ser lucrativo, você deve ficar de olho nas tendências do mercado. Comida saudável e algo que está em alta prevista como uma grande tendência em 2017 e em todo o mundo.

Comida caseira que já e algo natural, bem conhecida do público em geral.

19-  Dar aulas em casa

Essa atividade eu não preciso ser bem especifico, qualquer coisa que você sabe que você tenha conhecimento para dar aula, já e um negócio ou uma fonte alternativa de renda. basta saber como divulgar sua expertise.

20- Editor de vídeo

O marketing digital, a produção de infoprodutos gerou a necessidade de novos profissionais no mercado.

Se você tem essa expertise pode se cadastrar em um site de freelance para  trabalhar como editar de vídeos.

21- Vender produtos artesanais.

Produtos artesanais são produtos de nicho que podem ser vendidos por um bom valor comercial. Em todo o País, cerca de 8,5 milhões de brasileiros fazem do artesanato o seu pequeno negócio, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Juntos, esses Microempreendedores movimentam mais de R$ 50 bilhões por ano.

 22- Redator de conteúdo.

Como empreender na crise

Saber se comunicar com seu público-alvo através de conteúdo atrativo é tarefa para os especialistas em criação de conteúdo.

Este profissional deve saber escolher a melhor forma de expressão para seu cliente se comunicar através de sites e redes sociais.

Ele pode trabalhar de forma autônoma e buscar seus próprios clientes ou trabalhar para uma agência de conteúdo. Domínio da língua portuguesa é fundamental para esse profissional.

23- Marketing de rede

Como empreendedor na crise com marketing de rede e seus desafios até o objetivo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Marketing de rede, network marketing ou marketing multinível é um mercado que eu posso falar com a devida convicção que e altamente lucrativo, uma ótima maneira de como empreende na crise. 

Se você leu a página sobre do blog, verá que desenvolvi essa atividade por anos, usei essa atividade para modelar mentalidade.

Resolvi mudar a direção das velas para realizar um sonho e meu propósito que descobri graças ao desenvolvimento pessoal que esse seguimento me permitiu, com a sua ótima escola de negócios.

Atualmente quem regulamenta as empresas de vendas diretas no país é a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD), na qual adotou o código de conduta da World Federation Direct Selling Association (WFDSA) apoiando tanto a venda direta como o Marketing Multinível.

Diferente do Brasil, outros países já demonstram um grande crescimento econômico neste setor. Segundo a Direct Selling Association (DSA)

27% do PIB americano são provenientes da indústria do Marketing Multinível;

24% do PIB japonês é proveniente da indústria do Marketing Multinível;

20% dos milionários americanos construíram sua fortuna com negócios baseados em Marketing Multinível;

O setor já representa 96,7% do faturamento do setor de Vendas Diretas.

Eu vi pessoas como eu fazendo $250,00 reais, $300,00 com marketing de rede, mas também vi pessoas fazendo $3 mil, $5 mil, $ 15 mil, $80 mil, $500 mil reais por mês, podendo chegar a mais dependendo da politica da empresa, vendendo produtos e associando novos empreendedores.

Todo negócio, mercado ou seguimento tem amadores, onde tem amador tem oportunidade de lucro.

Se você tem paixão as pessoas vão até você, se você for profissional já tem uma grande chance de ter resultados incríveis.

Empreender do zero

Sei que empreender do zero e um desafio, mas apenas pesquisar não vai te levar a nada. Você tem agir em direção a sua meta, seja empreender ou apenas ganhar um dinheiro extra.

Qual a melhor maneira de começar? Decida qual mercado vai escolher, conheça bem o seu mercado, lei livros inspiradores, planeje-se, treine sua mente para ver o obvio. Assine nossa lista para ficar por dentro das novidades é sucesso na sua nova jornada.

OBS: Eu sei que tem 23, isso e over delivery, entregar mais que você promete.

(facebooK) Curta nossa nova fanpage.

(Tweet) 27% do PIB americano são provenientes da indústria do Marketing Multinível;

(Tweet) 24% do PIB japonês é proveniente da indústria do Marketing Multinível;

(Tweet) 20% dos milionários americanos construíram sua fortuna com negócios baseados em Marketing Multinível;

(Tweete-commerce brasileiro faturou em 2016 o total de R$ 53,4 bilhões.

 

 

Obrigado por visitar nosso blog  😀  

Comente para que possamos melhorar sua experiência de leitura.

Infográfico

[Infográfico] Empreendedorismo: 10 passos que todo empreendedor iniciante deveria conhecer

Você entende a importância de saber qual vai ser seu primeiro passo ao iniciar no empreendedorismo ?

Existem varias ferramentas no mercado que podem auxilia-lo a começar de maneira eficiente, mas muitos empreendedores preferem não fazer uma boa pesquisa de mercado antes de iniciar.

Antes de começar na quela que foi minha segunda experiência no empreendedorismo, o marketing de rede, fiz uma pesquisa seria e honesta sobre os números desse mercado. Compreender como ele funcionava, quais países já estava estabelecido, quanto o mercado faturava é quanto faturava o meu mercado era fundamental.

Isso me possibilitou ter crença na quilo que eu estava propondo aos meus novos associados.

Minha proposta de valor aos novos associados era relevante e o retorno era tangível, aprendi a comunicar isso de trés maneira simples: oque era, como se faz e qual o resultado ele teria com trabalho é comprometimento.

Quando apresentamos algo para alguém devemos ter em mente a importância de um bom conteúdo visual, a não ser que você saiba com perfeição detectar os sistemas representacionais das pessoas. Mesmo assim usar conteúdo visual terá seu valor.

Vamos esclarecer o que é um sistema representacional:

Sistema representacional – Os diferentes canais através dos quais nós representamos informações internamente, usando nossos sentidos: visual (visão); auditivo (audição); cinestésico (sensação corporal); olfativo (olfato) e gustativo (gosto).

Sistema representacional preferido ou preferencial – O sistema representacional que um indivíduo tipicamente usa para pensar de forma consciente e organizar sua experiência.

Nesse infográfico vou compartilhar 10 passos simples que você deve conhecer antes de iniciar sua experiência no empreendedorismo. Alem do bônus que você recebeu tomando consciência  da importância do conteúdo visual.

Imagem de infográfico 10 passos que todo empreendedor iniciante deveria conhecer. Ao começar no empreendedorismo

Se você é novo no empreendedorismo, está começando ou planeja iniciar uma atividade empreendedora com poucos recursos, assim como eu não deixe de dar uma olhada nas nossas ferramentas free, talvez tenha algum curso que possa lhe ajudar.

(fecebook) Conheça nossa nova fanpage.

 

 

Gostou do conteúdo deixe seu comentário.